Uma Empresa Deve Ser Gerida Com Folga Financeira

BLOG DE MIGUEL MATOS

“DAR VIDA ÀS ORGANIZAÇÕES FAZENDO-AS CRESCER, TORNANDO-AS EFICIENTES”

ÚLTIMOS ARTIGOS

Uma Empresa Deve Ser Gerida Com Folga Financeira

Uma Empresa Deve Ser Gerida Com Folga Financeira

Todos nós sentimos e percebemos pela nossa experiência de vida, que se estivermos sob extrema pressão ou stress, não somos capazes de produzir os resultados ideais nas nossas acções.

Ora nas empresas ou organizações passa-se o mesmo. O gestor de topo, normalmente designado de CEO (Chief Executive Officer) não consegue fazer a sua equipa atingir o máximo de resultados possível se a empresa que lidera estiver sob pressão extrema, isto é, se estiver a ser gerida sem Folga Financeira. De facto, a Folga Financeira trás: paz, serenidade; e estas mesmas promovem, por si próprias, uma maior qualidade nas decisões que ele e os elementos da sua equipa tomam.

Acresce ainda um outro efeito negativo dessa falta de Folga Financeira, efeito colateral, mas de consequências potencialmente ainda mais graves a médio e longo prazo, para a empresa que ele gere. É que cada empresa, encerra em si mesma, duas empresas: a Empresa do Presente e a Empresa do Futuro. A primeira é aquela que desenvolve as operações de gestão quotidiana nas suas diferentes áreas, enquanto a segunda encerra a visão e os objectivos de longo prazo do CEO e do corpo de sócios ou accionistas da empresa.

Pois bem , fácil será concluir então que, no caso do CEO e a sua equipa estarem a gerir a Empresa do Presente sob extrema pressão, a Empresa do Futuro será sempre uma empresa à qual será dada pouca ou nenhuma atenção. Essa empresa, como afirma e explica em profundidade Jorge A. Vasconcellos e Sá num dos seus livros, será “A empresa negligenciada”.

É por isso necessário que exista Folga Financeira na gestão da Empresa do Presente, na gestão quotidiana das diferentes áreas, para que a mesma empresa possa ter Futuro.

Deixe o seu comentário